{browse_happy}

Por que o varejo busca consultoria em prevenção de perdas?

Por Quirk em Jul 21, 2017

Existem excelentes motivos para você contratar um serviço de empresas de consultoria, entre eles:

  • Uso de metodologia Estruturada
  • Diminuição com Custos Trabalhistas
  • Visão externa e imparcial sobre Projetos
  • Aquisição de Benchmark e know-how sobre soluções (processos e tecnologia)

A maior preocupação é identificarmos e termos real visibilidade sobre quais os resultados a serem alcançados, como isso será feito e se essa empresa ou profissional pode realmente realiza-lo, por isso criei esse artigo, onde a ideia é gerar informações necessárias para tomada de decisão nesse passo, que pode ser o diferencial no alcance das metas ou solução de problemas atuais.

Projeto dado é projeto finalizado! É perceptível que por vezes deixamos de atuar em tarefas como Mapeamento de Processos, Avaliações e Controles ou na Implantação de Melhorias já identificadas como Oportunidades e que isso ocorre normalmente porque não temos mão de obra suficiente ou especializada na execução destes trabalhos.

Se tratarmos cada trabalho desses como um Projeto, temos como pontos fundamentais para o sucesso algumas etapas:
Encarar que a mudança de hábitos ou impacto na cultura é uma necessidade e sabemos que nunca é fácil, mas a forma como é realizada é que poderá gerar a segurança e tranquilidade necessária.

  1. Identificar os objetivos principais do Projeto
  2. Identificar e envolver as áreas e cada profissional
  3. Especificar todas as ações e prazos e requisitos
  4. Aplicar uma metodologia clara e estruturada

Claro que conseguimos começar e terminar projetos, mas se olharmos a linha do tempo percebemos que em determinados momentos houve algum projeto que não foi finalizado, ou não gerou o resultado necessário e até que os prazos não foram cumpridos.

Uma vez que Projeto tenha sido “comprado” pela alta administração da empresa, a metodologia aplicada pelo Consultor tende a gerar as regras necessárias para o cumprimento dos prazos, a validação das medições e por consequência o alcance dos resultados desejados. Outra diferença é que o consultor tende também a identificar ao longo do projeto, novas oportunidades que poderão agregar ainda mais valor ao Projeto.

Visão imparcial

Após olharmos para um determinado objeto deixamos de notar possíveis imperfeições e isso é fácil perceber. No olhar sobre os processos também temos esse efeito, porém aqui o resultado é mais delicado, pois a execução destes processos tende a mudar ao longo do tempo, isso ocorre normalmente quando os executores identificam novas possíveis formas de realiza-lo, em alguns casos tais mudanças ocorrem por esquecimento ou até mesmo de forma involuntária e mesmo assim, por vezes, não conseguimos identifica-las.

Já o Consultor externo, trás um olhar novo e imparcial, permitindo em muitos casos, identificar possíveis falhas e oportunidades já nos primeiros momentos. Isso ocorre porque além de trazer um conjunto de experiências de outros clientes ele também estará sempre tentando mapear em detalhe tal processo.

Outro fator de destaque é a negociação em assuntos complexos, onde por vezes há impactos relacionados à influência que geram desgaste interno, no mínimo por discussões acaloradas. Isso normalmente não é percebido quando há atuação de um consultor experiente, pois o resultado geral é o único envolvimento desse profissional e isso gera uma reunião mais harmoniosa. Destaca-se também a forma como as informações e pontos mais delicados são apresentados, pois todos recebem melhorias e oportunidades de braços abertos, mas as falhas e riscos apontados são em geral recebidos de forma negativa e é ai que a experiência em apresentar tais informações faz a diferença.

E o orçamento, como adequar?

“Após identificar a necessidade e traçar o objetivo avaliei a proposta da Consultoria, porém ao analisar meu Budget percebi que não havia verba destinada a contratação e pior, todo o orçamento estava comprometido com os demais projetos.”

Nesse caso precisamos avaliar junto a Diretoria ou Comitê qual o impacto de adiar a execução de tal projeto ou solicitar um ajuste ao Orçamento atual, porém é uma situação que o Gestor evita quando cria o Orçamento e aloca verba destinada a contratação de serviços de Consultoria, gerando assim uma posição mais segura e confortável quanto trabalhos pontuais/emergenciais.

Vale lembrar que a Consultoria é por vezes aplicada como uma ação jurídica onde as implicações trabalhistas tendem a ser menos burocráticas e o impacto sobre encargos também é menor.

A Consultoria permite agregar conhecimento!

“Que tipo de solução eu poderia usar?”
“Preciso dessa solução, mas não tenho domínio!”
“Tenho feito de tudo e o resultado não aparece!”

Estas são algumas das situações nas quais nos deparamos e como resultado temos a insegurança, a demora ou investimentos sem resultado. É aqui que a utilização de consultoria que possua não somente bons profissionais mas também uma estrutura consolidada, irá fazer a diferença, pois a experiência alinhada ao conhecimento de soluções tecnológicas permitirá a adequação de soluções com menores investimentos e maiores resultados. A diferença é que a análise é feita sobre a causa raiz de cada necessidade ou oportunidade e a atuação é realizada de forma pontual e validada por controles e indicadores.

Se fizermos uma analogia, podemos dizer que o “remédio” é aplicado sobre o conjunto de “sintomas” identificados em “exames” e não sobre “possíveis doenças”, e que o resultado é obtido através dos “exames e acompanhamento” que estariam relacionados aos controles e indicadores mencionados.

Todas as informações são mantidas na empresa, gerando conhecimento as equipes, boas práticas aos processos e por consequência a segurança, transparência e os resultados almejados.

Prevenção de Perdas

Conforme as pesquisas publicadas por instituições como IBEVAR e PROVAR temos hoje um cenário onde as perdas são em muitos casos equiparados ao lucro obtido com a venda do produto, em alguns são maiores o que tem feito com que varejistas deixem de vender o referido produto.
Com base nesse resultado sobre a venda, percebe-se que quanto menor a perda maior poderá ser a lucratividade e competitividade do Varejista.

Os diferenciais acima mencionados são 100% aplicáveis a Consultoria em Prevenção de Perdas, os serviços ofertados hoje abrangem toda Operação de Lojas e Centros de Distribuição, onde podemos citar:
Por fim, precisamos identificar o momento mais adequado para aplicar tais serviços e escolher de forma segura a empresa ou profissional que atuará no projeto, sempre alinhado as diretrizes da empresa, as boas práticas e as leis vigentes.

  • Auditoria sobre o nível de Maturidade
  • Criação e validação de Controles
  • Desenvolvimento de Normas e Procedimentos
  • Desenvolvimento de Campanhas de Endomarketing
  • Estruturação de Área de Prevenção de Perdas
  • Desenvolvimento de indicadores de resultados
  • Definição de Metas por Período e por Setorização
  • Estratégias de mitigação de Riscos Operacionais
  • Programas de Capacitação - Treinamentos e Palestras
  • Soluções para redução de Perdas de inventários, Avarias e Trocas.
  • Mapeamento de Processos (Recebimento, Frente de Caixa, Segurança Patrimonial, etc..)

Destacamos aqui que a aplicação da consultoria pode ser realizada de forma modular e focada, conforme exemplos abaixo:

  • Criar a área de Prevenção de Perdas
  • Realizar um diagnóstico sobre o processo atual
  • Realizar capacitação de uma equipe através de um treinamento
  • Aplicar uma Auditoria sobre nível de Maturidade em determinado Setor, da loja ou de toda a cadeia logística, etc…

Outro ganho com a Consultoria em Prevenção de Perdas é a oportunidade de contato e aplicação de soluções tecnológicas que por vezes são desconhecidas ou que podem parecer distantes da realidade, tais como:

  1. Monitoramento Remoto
  2. Gestão de Informações – Atendimento/Confinados
  3. Gestão da Operação de Frente de Caixa (Performance/Falhas e Fraudes)
  4. Soluções relacionadas à Performance e Diminuição de Perdas

Serviços de Consultoria de Prevenção de Perdas são cada vez mais aplicados em projetos de curta, média e de longa duração, podendo gerar resultados expressivos quanto a:

  • Diminuição de Perdas
  • Melhoria de Processos em Setores específicos (açougue, padaria, farmácia, etc…)
  • Aumento das Vendas
  • Diminuição de Rupturas
  • Gestão de Informação
  • Aumento de Performance
  • Agregar conhecimento e valor a Equipe
  • Atuação de forma imparcial e transparente
  • Mitigação de riscos pelo uso de benchmark

Fonte: Prevenir Perdas

Unidades de negócio da Johnson Controls